A história da Santa Casa no Brasil

Em todo o Brasil são 2.100 Santa Casas. Conheça a história destas instituições tão importantes para os brasileiros.

A história da Santa Casa no Brasil

O que é uma Santa Casa?

O termo Santa Casa, já existe no Brasil a quase 500 anos, são instituições filantrópicas com foco no atendimento da população mais carente e dos mais necessitados e detém um papel fundamental para a saúde publica do nosso pais.

A primeira Santa Casa, surgiu ainda durante o período colonial em Olinda – PE em 1939, depois em Santos no ano de 1543, seguido pela Bahia, Espirito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo.

Porto Alegre, hoje abriga um complexo com sete hospitais que atendem todas as especialidade médicas, chamado “Complexo Hospitalar Santa Casa”, além de outras Santas Casas espalhadas por todo o Brasil.

Veja a lista completa das 10 primeiras Santa Casa do Brasil, e seus respectivos anos de fundação:

 

  1. 1539 – Santa Casa de Misericórdia de Olinda (PE)
  2. 1543 – Santa Casa da Misericórdia de Santos (SP)
  3. 1549 – Santa Casa de Misericórdia de Salvador (BA)
  4. 1582 – Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro (RJ)
  5. 1551 – Santa Casa de Misericórdia de Vitória (ES)
  6. 1599 – Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (SP)
  7. 1602 – Santa Casa de Misericórdia de João Pessoa (PB)
  8. 1619 – Santa Casa de Misericórdia de Belém (PA)
  9. 1657 – Santa Casa de Misericórdia de São Luís (MA)
  10. 1792 – Santa Casa de Misericórdia de Campos (RJ)

 

Relação da Santa Casa e o Governo

A relação entre o atendimento em Santa Casa e o governo é muito próxima, hoje estimasse que 40% dos atendimentos realizados pelo SUS – Sistema Único de Saúde, são realizados em Santas Casas, dado que nos remete a grande importância estas instituições no país.

O SUS – Sistema Único de Saúde é considerado um dos maiores sistemas públicos de saúde em todo o mundo, garantindo pela Constituição o acesso integral universal e igualitária da população brasileira a saúde.

Porém na prática não é bem assim que as coisas funcionam, o atendimento em Santa Casa de Saúde, que normalmente oferece atendimentos de Alta complexidade a população, enfrenta problemas com os repasses federais, por vezes deficitário em relação a realidade dos atendimentos.

 

Situação atual das Santa Casas

Infelizmente no atual cenário, cerca de 90% das Santas Casas estão endividadas, esse número é alarmante, e não bastasse isso, as dívidas são altíssimas e comprometem os atendimentos realizados.

Esse número está diretamente relacionado ao défice dos repasses financeiros do governo às Santa Casas, além de falhas de administração e gestão destes mesmos recursos.

A Santa Casa de São Paulo, considerada o maior hospital público da América Latina, chegou a suspender serviços, atrasar salários e dispensar serviços terceirizados, em virtude de sua dívida, que ronda a casa dos R$800 milhões.

A Santa Casa de Lagoa Santa em Belo Horizonte, chegou a ficar fechada por falta de condições mínimas de atendimento, sendo reaberta somente através de uma determinação judicial.

Vários outros exemplos poderiam ser apresentados aqui, embora muitas destas Santas Casas sejam referência em suas especialidades, a sua saúde financeira inspira cuidados.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *