Quais trabalhos são afetados pela Inteligência Artificial?

A inteligência artificial (IA) gerou um interesse crescente nas discussões sobre o “futuro do trabalho” nos últimos anos, à medida que a tecnologia alcançava um desempenho sobre-humano em uma série de tarefas valiosas, desde a fabricação até a radiologia e contratos legais. Com isso dito, porém, tem sido difícil obter uma leitura específica sobre as implicações da IA ​​no mercado de trabalho.

Analista de Pesquisa –
Programa de Política Metropolitana

Em parte porque as tecnologias ainda não foram amplamente adotadas, as análises anteriores tiveram que se basear em estudos de caso ou em avaliações subjetivas de especialistas para determinar quais ocupações poderiam ser suscetíveis à aquisição pelos algoritmos de IA. Além do mais, a maioria das pesquisas se concentrou em uma variedade indiferenciada de tecnologias de “automação”, incluindo robótica, software e IA de uma só vez. O resultado tem sido muita discussão – mas não muita clareza – sobre a IA, com prognósticos que variam do utópico ao apocalíptico.

Dado isso, a análise apresentada aqui demonstra uma nova maneira de identificar os tipos de tarefas e ocupações que provavelmente serão afetadas pelos recursos de aprendizado de máquina da IA, em vez dos impactos de robótica e software de automação na economia. Empregando uma nova técnica desenvolvida pelo Ph.D. da Stanford University candidato Michael Webb, o novo relatório estabelece os níveis de exposição ao trabalho, analisando a sobreposição entre patentes relacionadas à IA e descrições de cargos. Dessa forma, o artigo a seguir aborda especificamente os impactos da IA ​​e estuda associações estatísticas empíricas em oposição à previsão de especialistas.

Inteligência artificial: o que é e como a medimos

A inteligência artificial (IA) é uma forma cada vez mais poderosa de automação digital, baseada em máquinas que podem aprender, raciocinar e agir por si mesmas. Medir é difícil porque é variado e emergente.

A IA consiste em um conjunto diversificado de tecnologias que servem a uma variedade de propósitos. Portanto, nenhuma definição única ainda pode capturar todo o seu conjunto de operações e recursos. No entanto, de um modo geral, a IA envolve programar computadores para fazer coisas que, se feitas por seres humanos, exigiriam “inteligência”, seja planejamento, aprendizado, raciocínio, solução de problemas, percepção ou previsão.

Ao contrário de outras formas de automação, como robótica e software, os pesquisadores tiveram pouco tempo para aprender sobre os principais casos de uso da IA ​​na economia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *