Vendas on-line impulsionam o mercado de suplementos

A venda de suplementos alimentares está relacionado ao público que pratica atividades físicas e ao que faz tratamentos devido às suas condições médicas, no entanto, o primeiro público é o que mais consome esse tipo de produto, fazendo com que as taxas de conversão aumentem na internet, o que impulsiona o mercado nesse segmento de forma surpreendente.

A Forbes identificou o mercado de suplementos nutricionais e de saúde como uma das indústrias que mais crescem no mundo. Somente em 2012, a indústria de suplementos nutricionais gerou US $ 32 bilhões em receita. Segundo o Nutrition Business Journal, o setor de saúde e suplementos deve dobrar até 2021.

A projeção de US $ 64 bilhões de dólares se deve a vários fatores. Desde a população que envelhece e necessita de suplementos para complementar a quantidade de nutrientes em sua alimentação, a pessoas que estão buscando maneiras alternativas de se manter saudável.

O mercado de saúde correu para atender a essa necessidade e, portanto, há uma abundância excessiva de informações e produtos de saúde entrando no mercado on-line e off-line, o que está alimentando a demanda.

Fatores que desencadeiam a compra de suplementos

A maioria desses consumidores preocupados com a saúde está recorrendo à Internet para se educar e comprar suplementos, a fim de manter e melhorar sua qualidade de vida. Uma pesquisa recente relatou que 44% dos consumidores compram suplementos de saúde on-line.

Os compradores de saúde são únicos em comparação aos compradores de outros mercados.

A postura do prospect em relação à decisão de compra, para um produto de saúde, gera algumas preocupações únicas na mente do visitante que não são tão intensificadas em comparação com outros produtos, mas isso não impede que o mercado pare de crescer.

Para um visitante tomar uma decisão de compra de um produto de saúde, seja ele um frasco de suplementos, um produto de informação como um conjunto de DVDs ou até mesmo um dispositivo médico físico, existem dois fatores principais que contribuem muito para a venda, esses fatores são confiança e crença.

O cliente em potencial deve confiar no produto, o que inclui confiar nos ingredientes e no processo de fabricação de um produto complementar, ou, nas informações de saúde inscritas em sua indicação. É por isso que podemos ver frequentemente os estudos de pesquisa (geralmente para os ingredientes ou metodologias específicos usados ​​em uma solução de saúde) e pesquisas universitárias localizadas na cópia de vendas, como uma maneira de estabelecer confiança com antecedência.

Mas o visitante também deve confiar na empresa. É por isso que você costuma ver empresas de saúde e fitness se alinhando com médicos e outros profissionais da área médica (como um conselho consultivo de saúde) e recomendações de celebridades.

Além de resolver por confiança, você também precisa prestar contas do que o cliente em potencial acredita antes de poder comprar um produto de saúde.

As empresas estão levando isso muito a sério, o que ajuda a impulsionar as vendas desse tipo de produto. Além disso, o investimento em divulgação nas redes sociais e sites online – onde as pessoas passam a maior parte do tempo conectada – têm impulsionado o alcance do público-alvo, estimulando a ação de compra.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *